Por: Ana Laura Franzolin

Símbolos do Natal e seus significados

O Natal é uma das datas comemorativas mais importantes do mundo. Carregado de simbologia, vale a pena saber mais sobre os seus símbolos.

Símbolos do Natal.

Símbolos do Natal

O Natal é uma das datas do calendário Cristão mais importantes de todo o mundo. Segundo a tradição, nele é celebrado o nascimento de Jesus Cristo, filho de Deus, enviado a terra para livrar os pecadores do mal e nos ensinar como conquistar o reino dos céus. Carregado de simbologia, o Natal é comemorado em todo o mundo, tendo muito mais força nos países tradicionalmente cristãos, situados principalmente no Ocidente.

Apesar de não haver comprovações históricas de que Jesus Cristo tenha nascido no dia 25 de dezembro, a data ganhou tanta força, que praticamente todos os cristãos aproveitam esse dia para louva a Deus e seu Filho. São poucas as religiões cristãs que não comemoram o Natal, sendo a mais relevante os seguidores chamados de Testemunhas de Jeová. Segundo os cristãos que seguem essa religião, o Natal, como é comemorado, foi inspirado em uma data pagã.

Símbolos do Natal.

E de fato, muitos historiadores falam que, no ano 273 depois de Cristo, quando o cristianismo ainda não tinha nenhuma força e Roma ainda adorava os deuses romanos antigos, o Imperador Aureliano estabeleceu o dia do nascimento do sol, que era em honra ao Deus Apolo, no dia 25 de dezembro, do calendário Juliano. A data era chamada de “Natalis Solis Invictus”, que significa “nascimento do sol invencível”.

Depois, quando Constantino decretou o cristianismo como religião absoluta, a data passou a ser comemorada como sendo o dia do nascimento de Jesus Cristo. Mas vale ressaltar que, na história da humanidade, sempre que uma religião era estabelecida, o comum era adotar as festas e também os deuses de religiões anteriores.

Símbolos do Natal

Desde sua criação, até os dias de hoje, o Natal sofreu grandes mudanças no que diz respeito a seus símbolos, atualmente podemos citar os seguintes símbolos:

Árvore de Natal

Na tradição, a árvore de Natal simboliza a vida, a paz, a esperança e a alegria. Comemorar o dia 25 de dezembro com uma árvore de natal enfeitada, principalmente o pinheiro, que é uma árvore que continua com folhas em todos os meses do ano, não é uma característica exclusivamente cristã. A árvore é um dos mais sagrados símbolos da vida de várias religiões ao redor do mundo.

Símbolos do Natal.

Já o costume de enfeitar a árvore de natal pode vir da tradição dos antigos druidas, que eram sacerdotes da Europa Setentrional, que louvavam antigos deuses da tradição Asatrú ou os Deuses Odinistas, como também eram chamados. Os druidas adornavam as árvores com maçãs, amoras, e outras frutas, para que, no dia 25 de dezembro, ocorressem as celebrações de seus deuses.

Com o passar dos anos, a tradição se espalhou pela Europa, sendo também adotada mais tarde, por quem celebrava o Natal cristão, que adornavam as árvores com papéis, doces e frutas. Depois, com a colonização, a tradição de decorar a árvore de natal foi se espalhando por todo o mundo.

Presentes embaixo da árvore de Natal

Elisabeth I, Rainha da Inglaterra, certa vez deu uma grande festa de Natal, e é claro que todos os seus convidados, altos membros da nobreza, não deixaram de levar vários presentes. E a quantidade de presentes foi tanta, que ela mandou que os depositassem embaixo de uma das árvores de seu jardim. Daí surgiu a tradição de se colocar os presentes de Natal debaixo da árvore.

Bolas coloridas

As bolas de Natal simbolizam os frutos da “árvore vida”. Depois da adoção do cristianismo, as bolas, ou frutos, também representam a vinda de Jesus Cristo, que veio ao mundo apenas para colher os bons frutos.

Presépio

Um dos símbolos natalinos mais tradicionais, que representa, segundo a tradição cristã, o local exato em que Jesus Cristo veio ao mundo, sendo comum, em muitas famílias, montarem o presépio, e somente à meia noite do dia 25 de dezembro colocarem o menino Jesus na manjedoura.

O costume da montagem do presépio devemos a São Francisco de Assis, que no século XII, pediu que Giovanni Villita criasse o primeiro presépio, pois ele acreditava que desta maneira os fiéis pudessem visualizar melhor, e entender melhor o evangelho.

 

Papai Noel

Símbolos do Natal.

Foi inspirado em São Nicolau de Mira, que em vida foi um bispo de taumaturgo, que viveu no século III. Foi considerado santo por jamais negar sua fé cristã, e por essa razão foi preso pelo governo de Diocleciano. Ele era considerado amigo das crianças, sendo um dos primeiros católicos a se preocupar com sua educação,e também com a educação de suas mães. Não se sabe ao certo quando começou a surgir a ligação de São Nicolau de Mira com o Bom Velhinho que traz brinquedos na noite de natal, pois são inúmeras as lendas ao redor do mundo.

Em outros locais do mundo, Papai Noel se chama Santa Claus ou St. Nicholas, sendo apenas em países de língua portuguesa a ter nome diferente, sendo Papai Noel ou Papai Natal. A lenda mais comum é que São Nicolau de Mira dava pão às crianças, e por isso foi relacionado ao velhinho que leva presentes.
Atualmente, Papai Noel também possui a simbologia do espírito natalino, representando a bondade e o ato de praticar o bem, dando presentes a quem se ama, ou oferendo presentes a desconhecidos.

A origem desta tradição vem da história dos três reis magos, que presentearam Jesus, sendo que, em muitos países, os presentes não são dados no dia 25 de dezembro, mas sim do Dia de Reis, que ocorre em 06 de janeiro. Dar um presente simboliza o amor, carinho e atenção.

Velas

As velas simbolizam a luz que Jesus Cristo trouxe a terra, assim como também simbolizam o nascimento de Cristo.

Estrelas

As estrelas simbolizam a estrela guia, que levou os três reis magos até o local onde Jesus Cristo nascera.

Guirlanda

Símbolos do Natal.

A Guirlanda foi comumente usada pelos cristãos antigos, que fixavam as portas um ramalhete de flores ou de folhas a suas portas, para mostrar a outros cristãos, que ali também moravam cristãos. Dessa maneira, por sinal, quem não fosse cristão não saberia, e quem fosse tinha a certeza de que encontrara um local seguro para se esconder da perseguição.

Com o passar dos anos, a guirlanda passou a marcar as casas que estariam comemorando o Natal, e seu significado passou a ser o da aceitação da vinda de Jesus Cristo. Hoje em dia, as guirlandas são utilizadas comumente apenas como ornamento.

Gostou do Artigo ? Dê sua Opinião: Quantas estrelas Merece ? 1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas

Loading ... Loading ...


Pesquise!

Novidades

Cadastre-se!

Compartilhe!