Por: Fabio Brum

Riscos ao colocar silicone nos seios

A cirurgia para o implante de silicone é muito comum no Brasil, mas é importante que também conheça os risco ao colocar silicone nos seios.

Riscos ao colocar silicone nos seios, conheça os riscos que as mulheres correm ao colocar os implantes.

No Brasil uma das cirurgias mais realizadas durante todo o ano é a de próteses de silicone nos seios onde a maioria delas quer aumentar o tamanho para ficar proporcional ao corpo.

Notícias recentes sobre as próteses vêm assustando muitas mulheres já que as marcas PIP e ROFIL podem apresentar riscos à saúde devido as grandes chances de rompimento. De acordo com especialistas da área, isso ocorre pela má qualidade do material, mas, além disso, há também outros cuidados muito importantes que os pacientes devem tomar antes de se submeter à cirurgia para o implante das próteses.

Se está pensando em colocar próteses, fique atenta com alguns aspectos como procurar um bom médico, uma clínica de confiança, instalações, recursos para os pacientes, procure se informar com pessoas que já realizaram cirurgias na clinica enfim busque o máximo de informações que puder.

Rejeição da prótese

Sempre que o organismo identifica um corpo estranho ele trata de fazer a sua tarefa que é expulsa-lo, com as próteses isso pode acontecer como uma espécie de rejeição. Com isso, se forma uma membrana em volta do silicone no qual não traz riscos a saúde, mas faz com que o seio fique mais firme ao toque, em alguns casos pode ocorrer deformações fazendo que o seio fique mais arredondado que o normal.

Estrias e flacidez

Tudo depende da pele da região caso ela esteja com características como mamas caídas ou com estrias isso pode prejudicar a cirurgia fazendo que ainda fique flácido. Antes de fazer o implante das próteses é importante conversar com o médico para saber se o seio tem condições de sustentar o silicone não correndo o risco de desenvolver mais estrias ou até mesmo ceder.

Rompimento das próteses

Somente em 10% dos casos que as próteses se rompem, se isso acontecer à viscosidade típica do silicone acaba impedindo que ele se espalhe pelo organismo, após o rompimento. Ele pode acontecer de se rompe durante a cirurgia dos implantes, exame de mamografia ou até mesmo causado por um trauma, caso perceba algo diferente procure um médico.

Problemas com infecções

Se o paciente realizar todos os procedimentos que são indicados pelo médico dificilmente terá algum quadro de infecção. Em alguns casos ainda assim ocorrem infecções locais como febre, vermelhidão ou edema, neste caso é necessário retirar as próteses, fazer o tratamento com antibióticos e depois de curada recolocar o silicone com segurança.

Vídeo informativo sobre o implante de silicone



Nenhum Comentário Quero Comentar!

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Comentário

Pesquise!

Cadastre-se!

Compartilhe!