Por: Fabio Brum

Resumo do feudalismo

O feudalismo foi uma das maiores organizações sociais e políticas tendo as suas origens na decadência do Império Romano.

Momentos do faudalismo.

O feudalismo é um assunto muito complexo porem foi muito importante para o desenvolvimento de novos sistemas.

Feudalismo foi uma organização social e política baseada nas relações servo-contratuais, tendo suas origens na decadência do Império Romano, onde predominou a Europa durante toda a Idade Média.

Geralmente o feudalismo é procedido pelo nomadismo e também sucedido pelo capitalismo em determinadas regiões da Europa, já o senhores feudais conseguiam as terras porque o rei lhes dava, pois os camponeses cuidavam da agropecuária dos feudos em troca recebiam o direito a uma gleba de terra para morar.

Origem do feudalismo

As origens do feudalismo se da no século IV, desde quando aconteceram as invasões germânicas ao Império Romano do Ocidente, com a decadência e a destruição do império em meados do século V D.C diante inúmeras invasões dos povos bárbaros e péssimas políticas dos imperadores romanos. Com isso diversas regiões da Europa passaram a apresentar baixa densidade populacional.

Com essas mudanças um novo sistema econômico, social e político eram revelados que veio a ser chamado de feudalismo, onde não se coincide com o início da Idade Média logo porque o sistema passou a serem delineados alguns séculos antes de começar esta etapa da história.

Contudo, uma das principais características gerais do feudalismo pode acabar descentralizando a economia na qual é baseada na subsistência da agricultura, trabalho servil e economia sem comercio. A predominação era a troca (escambo) no qual tudo começou a ser mudado com os primeiro indícios da Revolução Burguesa.

Entenda como ocorrereu as Invasões Bárbaras

Religião no feudalismo

A Igreja Católica era predominante do cenário religioso, onde tinha um poder espiritual muito grande então influenciava o modo de pensar, as formas de comportamentos que eram obtidas na Idade Média e até mesmo na psicologia.

Durante o feudalismo a igreja um poder econômico elevado possuindo grandes quantidades de terras e até mesmo seus próprios servos trabalhando. Já os monges que viviam nos mosteiros eram os responsáveis pela proteção espiritual da sociedade e passavam a maior parte do tempo rezando e copiando trechos da bíblia.

Classificação da sociedade no feudalismo

Classificação da sociedade no feudalismo.

A sociedade feudal como um todo acaba sendo dividida, já que o critério determinante para definir o status social era o nascimento além da relação entre os nobres. Entenda como a sociedade era classificada nesta época.

Clero: era responsável e tinha como função oficial rezar já que era uma sociedade religiosa.

Nobreza: que também eram chamados de senhores feudais tinham a função de guerrear e exercer considerável poder político sobre as demais classes.

Servos da gleba: era a maior parte da população camponesa onde ficavam presas as terras, eram explorados constantemente além de serem obrigados a prestarem serviço à nobreza.

Vassalos: oferecem ao senhor ou suserano, fidelidade e trabalho em troca de uma proteção e garantia um lugar no sistema de produção.

Fim do feudalismo

O feudalismo se findou aos poucos com o enfraquecimento até o momento em que foi substituído pelo sistema capitalista, onde podemos dizer que o feudalismo começou a entrar em crises na Europa já no século XII com diversas mudanças econômicas, políticas e sociais.

Gostou do Artigo ? Dê sua Opinião: Quantas estrelas Merece ? 1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas

Loading ... Loading ...


Pesquise!

Novidades

Cadastre-se!

Compartilhe!