Por: Fernanda

Quando usar compressa quente fria ou mista

Muitas vezes ouvimos falar em fazer compressa quente ou fria, algumas vezes até a mista, saiba para que cada uma serve.

Cada compressa tem o seu objetivo, pois uma faz vasoconstrição (diminui o calibre do vaso) e a outra faz vasodilatação (aumenta o calibre do vaso), sendo assim os seus objetivos são diferentes por causa dos efeitos que cada uma delas causa.

É importante que você saiba para que cada uma serve para que você possa fazer corretamente e na temperatura adequada.

Compressa Fria

Este é bastante indicado em diferentes tipos de acontecimentos, ela é usada especialmente após as 48 horas de uma batida ou uma lesão, ela faz vasoconstrição, evitando assim que o local fique roxo ou edemaciado (com inchaço).

É preciso tomar cuidado no uso deste tipo de compressa em pessoas que tenham problemas de circulação ou problemas na pele, como os diabéticos por exemplo. A compressa de gelo também é usada na estética para diminuir as olheiras e para reduzir o tamanho dos poros da pele.

O gelo deve ser colocado dentro de uma bolsa térmica ou então dentro de um saco plástico, antes de colocar o saco plástico em contato com a pele, é interessante colocar uma toalha fina, pois o gelo por muito tempo pode queimar a pele. Não é indicado colocar um bloco inteiro de gelo, caso você só tenha esta bloco, é interessante fazer movimentos circulares com ele na pele.

É ideal que você deixe a compressa de gelo na pele durante 10 minutos contínuos, caso a pele fique muito rosada é indicado tirar antes. Após 10 minutos de descanso ou intervalo coloque novamente por mais 10 minutos a compressa fria.

Compressa quente

Após se passar 48 horas da lesão é indicado fazer a compressa quente, isso porque neste momento ela terá como função aumentar o fluxo sanguíneo do local, reduzir a rouxidão e ajudar na cicatrização, além disso, a compressa quente ainda é indicada para o tratamento de cólica menstrual, artrite, dores de dente, dentre outras dores crônicas.

O ideal é ficar durante 20 minutos com a compressa, a temperatura não pode estar muito alta, pois o calor deve proporcionar conforto e ser agradável, também é indicado neste caso utilizar uma toalha para proteção da pele.

A compressa quente na maioria das vezes é feita com bolsas térmicas, pois o revestimento é resistente, por isso é o modo mais indicado para este tratamento, caso você não tenha em casa e você precise colocar em mãos e pés, que são membros distais você poderá colocar a água quente para compressa em uma bacia ou balde.

Compressa mista

É conhecida como contraste, é mais utilizada em pós-operatórios cirúrgicos, após imobilização de membros ou para recuperação de atletas de alto nível. Pode ser feito com baldes de água, um com água quente e outro com água fria ou com bolsas térmicas, também uma fria e outra quente.

Este processo estimula a circulação do local afetado, primeiro é importante começar e terminar com a compressa quente, ficando 3 minutos na compressa quente e 1 minuto na compressa fria, e assim vai alternando até completar 30 minutos.



Nenhum Comentário Quero Comentar!

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Comentário

Pesquise!

Cadastre-se!

Compartilhe!