Por: Fernanda

O que é transtorno bipolar sintomas e tratamento

O transtorno bipolar é uma doença mental onde a pessoa passa da euforia á depressão, saiba identificar para ajudar a pessoa fazer tratamento.

Até pouco tempo este transtorno bipolar era conhecido e denominado como psicose maníado-depressiva, porém este nome foi abandonado, por este transtorno não apresentar sintomas psicóticos, na verdade estes sintomas nem aparecem.

A cada ano novos subtipos de transtornos aparecem, o que melhora a precisão dos diagnósticos, porém hoje, iremos aprender apenas o que é um transtorno bipolar, que pode ser chamado de perturbação afetiva.

Muitas vezes o diagnóstico é feito após muitos anos, pois uma pessoa que esteja na fase depressiva poderá receber o diagnóstico de depressão, porém em pouco tempo ela poderá apresentar uma mania, que para a psiquiatria representa um estado exaltado de humor, que mais adiante será descrito detalhadamente, para que assim possa ter o tratamento correto para aquele paciente.

Classificação

• Tipo I: predomínio de fase maníaca (alteração de humor) e depressão leve;
• Tipo II: predomínio de depressão e alteração maníaca leve;
• Mista: depressão e mania ocorrem simultaneamente;
• Ciclos rápidos: quando os episódios de variação de humor duram menos de uma semana;
• Ciclotimia: Os sintomas são persistentes pelo menos dois anos.

Como a pessoa se sente?

Ela se sente bem, quase uma pessoa invencível, se sente como não tendo limites para as suas capacidades e energia. Poderia até passar dias sem dormir, tem um monte de idéias, planos e conquistas, mal consegue terminar de falar de uma idéia e já tem outra para contar, porém, em poucos minutos ela se aborrece para valer, não se intimidade com qualquer forma de ameaça e com a mesma rapidez que se zanga esquece do ocorrido como se nunca tivesse acontecido nada.

Quais são as causas?

A causa na verdade é desconhecida, porém, existem fatores que podem ajudar ou participar do aparecimento destes problemas, como traumas, incidentes ou até mesmo acontecimentos fortes, como troca de emprego, fim do casamento, morte de uma pessoa querida e ainda de 80 á 90% dos pacientes apresentam algum parente na família, daí podemos dizer sem comprovações ainda, que o transtorno bipolar pode estar ligado á genética.

Tratamento

O primeiro tratamento é a medicação, o que não é a melhor para todos os casos, porém pode controlar o quadro, porém podem ser adicionado remédios anticonvulsivantes. Nas fases mais intensas poderá ser usado antipsicóticos, porém quando há sintomas psicóticos será via de regra usar antipsicóticos.

Como todo o tratamento é com medicamentos, é preciso que você passe por médicos especializados no assunto, pois os medicamentos são fortes e podem causar reações adversas ou até mesmo piorar o quadro.



Nenhum Comentário Quero Comentar!

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Comentário

Pesquise!

Cadastre-se!

Compartilhe!