Por: Fernanda

O que é linfoma sintomas e tratamento

O linfoma passou a ser mais conhecido após o ator Reinaldo Gianecchini descobrir que estava com o linfoma, por isso saiba mais sobre este tipo de câncer.

O linfoma é um conjunto de neoplasias, ou seja, é um conjunto de câncer, que se inicia a partir de uma célula do sistema imunológico, que é o linfócito.

Assim esta anomalia é o resultado de danos que acontecem no material genético da célula, ocasionando uma mutação do DNA do linfócito, onde esta célula terá um crescimento excessivo e descontrolado. Isso faz com que elas se tornem massas tumorais nos linfonodos e até mesmo em outros locais do organismo.

No Brasil apenas 12% da população sabe a respeito desta doença, porém somente 6% é capaz de identificar alguns sintomas, em 2004 foram registrados 3.194 mortes por linfoma no Brasil, uma média de 8,5 mortes por dia.

Assim estima-se que mais de 180 mil novos casos sejam registrados ao ano. No dia 15 de setembro foi comemorado o Dia Mundial da Conscientização de Linfoma, com o objetivo de sensibilizar o governo a organizar mais campanhas para a população.

Linfoma de Hodgkin

Este surge geralmente quando o linfócito B se transforma em uma célula maligna, ela cresce descontroladamente e se dissemina pelo corpo. Após um tempo poderá haver a disseminação destas células para os tecidos adjacentes, assim quando não tratada poderá afetar outras partes do organismo. Ele se dá através da circulação sanguínea, mais comumente se localiza no mediastino.

• Fatores de risco
Pessoas com sistema imunitário comprometido, doenças genéticas hereditárias, infecção pelo vírus HIV, uso de medicamentos imunossupressores e parentes de pessoas que apresentam esta doença.

• Sintomas
Tudo vai depender da sua localização, e ela poderá ocorrer em qualquer região do corpo, mas quando o seu desenvolvimento se dá em um linfonodo próximo da pele, do pescoço, da axila ou da virilha, os sintomas será aumento destes locais sem dor.

Mas se for localizado na região torácica os sintomas poderão ser tosse, dispnéia (falta de ar) e dor torácica. Quando localizada na pelve e na cavidade abdominal os sintomas podem ser distensão do abdomem, outros sintomas são febre, fadiga, sudorese fria noturna e perda de peso.

Linfoma não Hodgkin

Este é um pouco mais complicado pois pode englobar mais de 40 tipos de linfoma distintos.

• Fatores de risco
Comprometimento do sistema imune (como os do linfoma de Hodgkun), exposição química (pesticidas, solventes, fertilizantes e outros) e exposição a altas doses de radiação.

• Sintomas
Lingadenopatia no pescoço, axila e/ou virilha, sudorese noturna excessiva, febre e perda de peso sem explicação.

Tratamento

Vai ser determinado pelo médico de acordo com o seu tipo e o seu estado, mas na maioria dos casos é realizada a quimioterapia, radioterapia e imunoterapia que cada dia tem sido mais utilizada em conjunto com a quimioterapia.

Gostou do Artigo ? Dê sua Opinião: Quantas estrelas Merece ? 1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas

Loading ... Loading ...


Pesquise!

Novidades

Cadastre-se!

Compartilhe!