Por: Evelin

Como os fungos se alimentam e se reproduzem

Como os fungos se alimentam e se reproduzem? Muitos alunos tem dúvidas sobre este assunto, portanto separamos um artigo abaixo para ajudá-los.

Como os fungos se alimentam e se reproduzem? Sem dúvidas muitas pessoas possuem algumas dúvidas sobre este assunto, mas para te ajudar um pouco separamos algumas informações sobre os fungos em nosso artigo.

Os fungos são seres vivos diferentes dos outros organismos devido a sua divisão, pois os mesmos são separados por plantas, animais e bactérias. As células dos fungos apresentam parede celular, porém as deles contam com quitina, já as células das plantas possuem celulose.

Alguns estudos mostram que os fungos apresentam características semelhantes aos dos animais.

Como os fungos se alimentam?

Cogumelos

A alimentação dos fungos é dividida em dois grupos sendo os saprófitas que se alimentam de matéria orgânica, animal ou vegetal morta, com isso os fungos decompõem a matéria orgânica promovendo ciclos de nutrientes e os parasitas vivem dentro de hospedeiros absorvendo os nutrientes para que possam a partir deles se desenvolverem.

Reprodução dos fungos

A reprodução dos fungos é diferente a dos outros seres vivos, eles conseguem se reproduzir de diversas formas tanto sexuada quanto assexuada.

A reprodução sexuada com meiose acontece em todos os tipos de fungo exceto o Glomeromycota. A reprodução assexuada acontece através de esporos vegetativos ou fragmentação do micélio que é o conjunto de hifas de um fungo, como se fosse raízes de plantas. Na reprodução parassexuada acontece à formação de um heterocarion que contém núcleos haploides, sendo de extrema importância para evolução de alguns fungos.

Informações sobre a reprodução dos fungos

Características dos fungos

Os fungos constituem um grupo de organismos em que não ocorre clorofila. O crescimento é em geral apical, mas qualquer fragmento hifálico pode dar origem à formação micelial.

Os fungos são encontrados no solo, na água, nos vegetais, em animais e detritos. Os mesmos são muito utilizados na fabricação da penicilina e o Aspergillius niger na fabricação da progesterona e ácido cítrico, como integradores e aromatizadores de alimentos como sopas e cremes, na maturação de queijos, fabricação de vinhos e arroz pelo fungo Aspergillus orysae.



Nenhum Comentário Quero Comentar!

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Comentário

Pesquise!

Cadastre-se!

Compartilhe!